Arrasa-Quarteirão

RSS

Posts tagged with "the vow"

Rank EUA 7: Duro de Matar retorna, mas com hora marcada para morrer

Quinta dose de ação da franquia da Fox prevalece contra filme baseado em livro de Nicolas Sparks, animação da Weinstein Company e o substituto direto de Crepúsculo.

image

Se no primeiro fim de semana de fevereiro de 2012 quatro grandes estreias chegam às telonas, neste ano outras quatro duelaram pelo interesse do público no segundo fim de semana do mesmo mês. O período assemelha-se por ter um filme de ação, um romance e dois filmes cheios de efeitos especiais em confronto. Enquanto que Protegendo o Inimigo e Para Sempre disputaram fervorosamente nas bilheterias um ano atrás, Duro de Matar: Um Bom Dia para Morrer assegurou vantagem sobre Um Porto Seguro.

No quinto capítulo de sua “saga”, John McLane encontra problemas na Rússia e parte pra cima dos criminosos com a ajuda de seu filho. Esse fiapo de história garantiu uma negatividade absurda da crítica e $24,8 milhões na estreia, teoricamente a segunda maior da franquia. Duro de Matar 4.0 detém o recorde com $33,4 milhões acumulados em 2007. Porém, no reajuste, Duro de Matar 2 ($41,4 milhões) e Duro de Matar: A Vingança ($41 milhões) foram muito mais eficazes. Além disso, Um Bom Dia para Morrer teve a pior média em cada uma das 3,5 mil salas ($7 mil dólares) enquanto seus antecessores conquistaram (na contagem regressiva) $9,8 mil (4º), $8,7 mil (3º), $8,6 mil (2º) e gloriosos $28,6 mil (1º filme).

Há mais: considerando que por vir de uma franquia o filme poderia estourar nas bilheterias, na verdade o filme foi atirado para fora da temporada de verão (período que está sofrendo esgotamento de datas para estreias de grande porte) e acabou arrecadando menos do que Protegendo o Inimigo ($40 milhões), estrelado por Denzel Washington e Ryan Reynolds. Seguindo os 16% de aproveitamento no Rotten Tomatoes, a Fox parece ter jogado no lixo o personagem após um ótimo resgate com o quarto filme. E vamos ser sinceros: Bruce Willis não precisa mais de John McLane há anos, mesmo que este último precise de seu astro para sobreviver.

Read More

Jul 4

Ranking Brasil: A Era do Gelo domina o Brasil (de novo!)

Franquia animada da Fox mantém sua popularidade com mais de um milhão de espectadores; Woody Allen também conquista público com novo filme.

A aventura A Era do Gelo 4 conseguiu a coroa das bilheterias brasileiras no último fim de semana com 1.045 milhão de espectadores e arrecadação de R$ 13,1 milhões. Esse resultado é o terceiro melhor de 2012 para ambos os casos e fortalece a franquia como a segunda mais rentável e popular do gênero animado perdendo apenas para Shrek). Porém, ao contrário do que muitos sites afirmaram (inclusive estrangeiros), o filme não é recordista de estreia da Fox no país.

Em termos de público, A Era do Gelo 3 ainda é a maior estreia do estúdio e do gênero animação no país com 1.233 milhão de espectadores. Com relação à renda, Rio acumulou mais dinheiro tanto em reais (R$ 13.7 milhões) quanto em dólares (US$ 8.3 milhões). O fato de este quarto episódio obter menos pagantes do que seu antecessor (e até mesmo Rio) pode se justificar devido à concorrência mais acirrada e disputa pelo mercado 3D. Além disso, é provável que perca salas com a estreia de O Espetacular Homem-Aranha, filme que pode ter roubado também um pouco da atenção do desenho.

Read More

Ranking Brasil: “E aí… Comeu?” - Até tirou uma fatia, mas Madagascar continuou no topo

Filme brasileiro bateu Sombras da Noite e se tornou também a maior estreia do cinema nacional em 2012.

Novamente como primeiro colocado, Madagascar 3: Os Procurados conduziu mais de 500 mil espectadores ao picadeiro e alcançou 3.9 milhões de ingressos vendidos em 18 dias de exibição nos cinemas. Agora o filme contabiliza polpudos R$ 47 milhões no mercado brasileiro, arrecadação muito próxima de Shrek para Sempre (R$ 49.9 mihões) e Rio (R$ 48.9 milhões) em período semelhante de dias; porém, conta com menos espectadores.

Em segundo, abiscoitando exatamente metade dos resultados do campeão animado, a comédia E aí… Comeu? vendeu ingressos suficientes para se tornar a maior bilheteria de estreia do cinema brasileiro em 2012. O filme conquistou 251 mil pagantes e renda de R$ 3 milhões superando As Aventuras de Agamenon, o Repórter que somou, no começo de janeiro, 201 mil espectadores e R$ 2.3 milhões.

Read More

Ranking Brasil: Madagascar 3 prospera, Prometheus cumpre seu papel

Animação da DreamWorks mantém liderança e ficção de Ridley Scott torna-se uma das melhores estreias do gênero no país enquanto romances ocupam metade da lista dentre os dez mais vistos no país

Madagascar 3: Os Procurados continua sendo uma sombra nas bilheterias brasileiras com mais de 40% do market share.  O filme vendeu 671 mil ingressos que geraram renda de R$ 8.5 milhões no segundo fim de semana. Em onze dias, acumulou 2.9 milhões de pagantes e arrecadação superior a R$ 35 milhões. Além disso, a “semana 2” foi a sétima melhor de uma animação em quantidade de espectadores e a terceira em renda, atrás apenas de Shrek para Sempre e Rio.

Por outro lado, apenas o quarto Shrek obteve mais público no mesmo período de dias, sendo que o resultado de Os Procurados está à frente de Rio. Numa briga interna, também supera os filmes anteriores da franquia, mas teve queda mais expressiva, de 43%. O primeiro Madagascar havia perdido 17% de público enquanto A Grande Escapada caiu 40%.

Read More

Ranking Brasil: Madagascar 3 agita o circo cinematográfico tupiniquim

Alex & cia montam tenda no Brasil e arrasam no feriado prolongado renovando a força das franquias animadas no país. O top 10 ainda conta com as estreias de Para Sempre e Deus da Carnificina

O mercado brasileiro é uma das mais suntuosas terras para as animações arrecadarem rios de dinheiro. Por isso, Madagascar 3: Os Procurados facilmente garantiu o topo do ranking já no dia de lançamento, um feriado, vendendo 513 mil ingressos e mais 1.194 milhão no fim de semana. Com isso, arrecadou R$ 15.2 milhões em três dias e R$ 21.9 milhões em quatro.

Em renda, é a maior estreia de um desenho no país e quarta melhor da história depois de Os Vingadores (R$ 21.7 milhões), Amanhecer P-1 (R$ 18.8 milhões) e Harry Potter e as Relíquias da Morte P-2 (R$ 17.9 milhões). Em relação ao público, ficou atrás de A Era do Gelo 3 (1.233 milhão de espectadores), mas superou Shrek Terceiro (1.179 milhão) e Rio (1.134 milhão).

Ao contrário do que ocorreu nos Estados Unidos, Madagascar só aumentou seu público a cada episódio lançado. Em 2005, o primeiro filme teve presença de 571 mil espectadores fechando circuito com 4.3 milhões e, em 2008, Madagascar 2 teve 858,3 mil espectadores finalizando com mais de 5.1 milhões. Com o público brasileiro mais disposto a pagar por entretenimento nos cinemas, é possível que o Os Procurados chegue até mesmo aos seis milhões de pagantes, algo que, considerando as produções da DreamWorks/Paramount, apenas Shrek para Sempre conseguiu.

Read More

Jun 8

Estreias no Brasil - Junho 7 e 8, 2012

Apr 5

TOP 10 FEBRUARY 2012 - US BOX OFFICE

1. Para Sempre (The Vow)

2. Protegendo o Inimigo (Safe House)

3. Viagem 2: A Ilha Misteriosa (Journey 2: The Mysterious Island)

4. Poder Sem Limites (Chronicle)

5. A Mulher de Preto (The Woman in Black)

6. Star Wars: A Ameaça Fantasma (Star Wars: The Phantom Menace) 3D

7. Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança (Ghost Rider: Spirit of Vengeance)

8. Guerra é Guerra (This Means War)

9. Act of Valor

10. Grande Milagre (Big Miracle)

Anjos da Lei “apreende” as bilheterias norte-americanas

Única grande estreia, a adaptação da série de TV Anjos da Lei conquistou ranking com folga no fim de semana que tem Saint Patrick’s Day

Originalmente um programa com caraterísticas dramáticas nos anos 1980, Anjos da Lei faturou $35 milhões após convencer crítica e público com sua roupagem voltada ao humor. Além da ótima arrecadação de $11 mil por sala, esta é a melhor estreia de uma comédia em 2012 e a segunda maior para um filme do gênero com classificação R sem estrear na temporada de verão, atrás de Jackass 3D ($50.3). Contando com dois astros do momento em alta, Channing Tatum (do sucesso Para Sempre) e Jonah Hill (da recente nomeação ao Oscar como ator coadjuvante por Moneyball), a obra não é o melhor começo do gênero para a Sony, mas está equivalente a Os Outros Caras ($36.3 milhões).

Entre as adaptações de TV, Anjos da Lei fica em 10º como maior estreia abaixo de Star Trek, os três primeiros Missão Impossível, Sex and the City, dois As Panteras, Agente 86 e S.W.A.T.. Considerando estimativa de público e renda atualizada das produções neste quesito, o filme ocuparia apenas a 24ª posição.

Read More

Mar 7
As estatísticas do site Rotten Tomatoes não perdoam. A maioria dos críticos desaprovou todos os filmes que arrecadaram mais no último fim de semana dos Estados Unidos. E olha que são filmes analisados por pessoas bem ecléticas. Se isso não mostra a falência criativa de Hollywood não sei mais o que deveria mostrar.
pkconda:

February-March box office. Lookin’ good as always.

As estatísticas do site Rotten Tomatoes não perdoam. A maioria dos críticos desaprovou todos os filmes que arrecadaram mais no último fim de semana dos Estados Unidos. E olha que são filmes analisados por pessoas bem ecléticas. Se isso não mostra a falência criativa de Hollywood não sei mais o que deveria mostrar.

pkconda:

February-March box office. Lookin’ good as always.

Mar 4

Animação ‘O Lorax” arrebenta como melhor estreia de 2012 nos EUA

Adaptação do escritor Dr. Seuss, O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida tornou-se uma das maiores estreias das animações enquanto a comédia Projeto X ocupou a segunda colocação no fim de semana.

image

O primeiro grande desenho animado norte-americano de 2012, O Lorax ganhou o status de maior estreia do ano arrecadando $70 milhões de dólares, um abismo para o romancePara Sempre, que estreou há três semanas. Também representa o terceiro melhor começo no mês de março atrás de Alice no País das Maravilhas e 300 além de quase quebrar o recorde do gênero detido por Os Simpsons ($74 milhões). Neste último caso, em matéria de público, a estimativa indica que Os Incríveis Procurando Nemo é dono dessa marca com possíveis 11.6 milhões de pagantes.

Na sexta-feira, dia 2, o filme já demonstrava força com $17.4 milhões, o melhor dia inicial para um filme desde Amanhecer - Parte 1 em novembro e para um desenho desde Carros 2 em junho. Porém, ficou abaixo do start de Meu Malvado Favorito ($21 milhões), dos mesmos criadores de O Lorax. Contudo, bateria as duas animações citadas ao longo do fim de semana.

Além disso, a estreia renova credibilidade às produções baseadas nos livros de Dr. Seuss. O autor é extremamente reconhecido nos países anglófonos inclusive por adultos e, num espaço de doze anos, teve quatro adaptações bem sucedidas nos cinemas, sendo O Lorax a última. Porém, mesmo com a ótima renda inicial atrelada aos caros ingressos do formato 3D, não foi o que mais atraiu público.

Veja bem: desde 2000 O Grinch (2000) detém nos Estados Unidos a maior arrecadação de estreia ($55 milhões) e de renda final ($260 milhões). Se reajustados, os valores seriam de $80M e $376M. Três anos depois O Gato estreou com $38.3 milhões e terminou com $101 milhões (reajuste de $49.7M e $131.1M). Com Horton e o Mundos dos Quem! em 2008 o live-action foi abandonado dando continuidade através da animação: garantiu $45 milhões no primeiro fim de semana e $154.5 milhões no total (reajuste de $49M e $168.5M).

Cada um tem estimativa de ingressos vendidos em 10.2 milhões, 6.3 mi e 6.2 mi, nas respectivas estreias e 48.1 milhões, 16.7 mi e 21.5 mi no fechamento do circuito. Nas minhas contas O Lorax deve ter obtido presença de pouco mais de 7 milhões de espectadores. Possui enormes possibilidades de bater O Gato e Horton por quantidade de dinheiro acumulado, mas talvez não tenha para atingir o número de ingressos vendidos. Veremos.

image

Na segunda colocação ficou Projeto X que arrecadou $21 milhões. A comédia que apresenta adolescentes participando de “uma festa fora de controle” garantiu um valor abaixo apenas de Superbad ($33 milhões) de 2007. Se reajustarmos os valores de outros similares, o filme ficaria abaixo de American Pie ($28.8 milhões), Caindo na Estrada ($22.4 milhões) e até mesmo Porky’s ($20.3 milhões).

Act of Valor desta vez ficou com a medalha de bronze. Após a bem sucedida estreia na semana passada, o filme de ação com soldados reais caiu 44% arrecadando $13.7 milhões. Em dez dias, conquistou $45 milhões, quase quatro vezes seu custo inicial de $12 milhões.

Protegendo o Inimigo ainda mantém o público entretido o suficiente para se tornar o quarto filme da carreira de Denzel Washington a alcançar os $100 milhões. Porém, em circunstâncias muito diferentes de seus sucessos anteriores. Assim, num reajuste de valores, este filme seria apenas a sua sexta maior bilheteria atrás de O Dossiê Pelicano, Duelo de Titãs, Maré Vermelha, O Gângster e Filadélfia.

O novo trabalho de Tyler Perry, Good Deeds, teve a maior queda dentre os dez mais rentáveis. Juntando mais $7 milhões, a comédia será um dos filmes de menor êxito de seu diretor, acostumado a orçamentos baixos e bilheterias um pouco melhores.

Enquanto Viagem 2: A Ilha Misteriosa cumpre seu papel atingindo o público infanto-juvenil de maneira consistente a fim de bater seu antecessor, Para Sempre garante renda extra para continuar com a primeira posição de maior bilheteria do ano, mesmo como status momentâneo, pois Protegendo o Inimigo está muito próximo de ultrapassá-lo.

Cada vez mais enfraquecidos Guerra é GuerraMotoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança e Wanderlust (que saiu o do top 10) tem pouco a comemorar com resultados esquecíveis para o mercado doméstico. Ainda assim, os dois primeiros tem uma enorme chance de gerar lucro no mercado internacional, como Motoqueiro está fazendo no Brasil.

E, por fim, depois da glória dos prêmios, O Artista quer a glória das bilheterias. Fechando o ranking Na 11ª colocação, o vencedor de Melhor Filme na cerimônia do Oscar teve acréscimo de 24% na sua renda semanal e já beira os $40 milhões. Perto dos concorrentes e de muitos outros felizardos na mesma categoria é um número pequeno (veja aqui), mas é a maior renda de um filme mudo na história americana, isto é, desconsiderando a quantidade de espectadores presentes e o reajuste de inflação no preço do ingresso.

BILHETERIA NOS EUA MARÇO (2-4) - RESULTADO EM MILHÕES (fds / total)

1. O Lorax – $70,217,070 / $70,217,070
2. Projeto X – $21,051,363 / $21,051,363
3. Act of Valor – $13,572,578 (-44.5%) / $45,111,924
4. Protegendo o Inimigo– $7,390,935 (-32.4%) / $108,355,425
6. Good Deeds – $7,047,061 (-54.8%) / $25,791,693
8. Viagem 2: A Ilha Misteriosa– $6,547,374 (-51.1%) / $85,233,873
5. Para Sempre – $6,011,147 (-39.4%) / $111,623,496
7. Guerra é Guerra – $5,561,323 (-34.0%) / $41,399,962
9. Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança – $4,545,637 (-49.5%) / $44,826,376
10. Wanferlust – $3,843,840 (-41.1%) / $12,484,655

Fonte: Box Office Mojo